10 de junho de 2010

Quanto custa uma limpeza nos dentes?

Após apresentações, explicações, exames clínicos e radiográficos, o cirurgião-dentista e sua paciente vão ao escritório da clínica discutirem os preços, valores e formas de pagamento.

- E então, Dr.? Não vai ficar muito caro, né?
- Fique tranquila, já estou terminando as anotações, logo saberemos o valor final.
(...)
Na primeira linha da folha estava escrito "Limpeza e orientações - R$150,00".
- Nossa, Dr.! Cento e cinquenta reais só por uma limpeza? Não tem nada mais simples? Não pode tirar essas orientações?
- Claro que pode! Eu tiro as orientações e fica apenas a limpeza das superfícies dos dentes, inclusive com a remoção de todo aquele tártaro que mostrei na clínica. Sua boca vai ficar limpíssima, com 0% de placa dental e nada de tártaro, uma maravilha, pode ser assim?
- Mas quanto vai custar, Dr.?
- Um real.
- (Cara de besta)
- Isso mesmo, só um real. A limpeza da sua boca custa um real. As orientações são um pouco mais caras, custam 149,00. É um número simbólico, uma vez que o valor verdadeiro é imensurável. Sabe por quê?  Porque eu posso remover toda o biofilme do seus dentes e posso deixá-los super lisos e brilhantes. Seu hálito melhorará 100% no início e quem sabe até você sinta melhor o sabor dos alimentos. Eu posso fazer tudo isso perfeitamente, mas amanhã neste mesmo horário sua boca estará suja de novo. Porque a placa crescerá de novo, e logo haverá tártaro deixando sua gengiva inflamada, sangrante, o hálito voltará a ficar mau cheiroso, você terá novas cavidades de cárie e quem sabe em algum dente isso não evolua até chegar aos canais. Aí você volta e gasta esse um real novamente e quem sabe alguns milhares a mais do que está gastando agora, que tal? Isso só vai lhe custar um real, não é uma beleza? - Agora o que eu lhe proponho é gastar mais um pouquinho, só mais 149,00. E além de ter seus dentes limpos você aprenderá como esse biofilme se forma sobre o seu dente e como ele se comporta. Como você pode fazer para que ele pare de crescer. A partir desse dia você terá uma oportunidade nova na sua vida. Você poderá passar o resto da sua vida sem ter uma cavidade de cárie sequer. Poderá chegar à velhice orgulhosa de ter todos os dentes na boca. Sua gengiva se manterá firme e saudável e seu hálito deixará de ser má referência. Pode até acontecer de você ficar mais segura nos seus relacionamentos, pois vai conseguir falar de perto sem neuras, vai sorrir com gosto, vai beijar com mais gosto ainda. - E não podemos nos esquecer dos seus filhos, claro! Você os educará com base nos ensinamentos que vai aprender naquela cadeira. E eles nunca terão necessidade de uma restauração. Dentista pra eles será referência de saúde e não de medo, de barulho ou dor. Não haverão gastos extras e eles crescerão saudáveis. Tudo isso só vai depender de você prestar bastante atenção e tirar todas as dúvidas que surgirem. São escolhas bem simples que eu te apresento hoje. Saúde ou doença? Tratamentos longevos e bonitos ou tratamentos caros a cada visita? Pode escolher, minha Sra.
Ao que ela reage, tirando uma moedinha da bolsa, dizendo:
- SÓ SE FOR AGORA!




****************************
Isso não aconteceu de verdade, mas foi por aí :´)
Abs


9 comentários:

Dentista disse...

Os pacientes devem, além de preoucpar com o preço, levar em conta a confiança no dentista e a qualidade do procedimento que será realizado. Não se pode comprar sempre a ideia mais cara ou a mais barata. Às vezes o barato sai caro e o muito caro não vale a pena. Deve existir equilíbrio e bom senso.

Alvin G. Fasolin Tomm disse...

Grande post!
Infelizmente os pacientes querem preço e não um tratamento.

abração

Anônimo disse...

valeu a pena .....

Ana Tokus disse...

Excelente, Ricardo! É isso aí... a gente explica, ensina, orienta... se o paciente se faz de desentendido pra pagar "mais barato" (é o que ele acha, pelo menos), o problema é dele.

Aí, quando as coisas chegam a um ponto crítico, vêm dizer que ir no dentista é muito caro... blá blá blá... não, não é. O que custa caro é a ignorância.

Talvez um dia as pessoas aprendam que prevenção é economia. Espero estar lá pra ver.

Anônimo disse...

Tb sou dentista e às vezes a sensação que tenho é que estou enxugando um enorme gelo. Mas vamos em frente, quem sabe um dia chegaremos no noso objetivo verdadeiro.

Anônimo disse...

Tb sou dentista e às vezes a sensação que tenho é que estou enxugando um enorme gelo. Mas vamos em frente, quem sabe um dia chegaremos ao nosso objetivo verdadeiro.

Ju Gerbelli disse...

Olá. Sou uma cliente. Desde pequena vou ao mesmo dentista que nem de longe é o mais barato. Gosto dele. Só queria dizer que as observações dos senhores estão equivocadas quanto a postura dos pacientes. Num país de orçamento tão apertado o que ocorre não é a desvalorização do trabalho dos dentistas e sim a simples falta de dinheiro. Já pararam pra pensar? Vocês sofrem tanto qualquer outro profissional. Abraços

Ricardo FP disse...

Cada pessoa tem sua própria situação, Ju. Obrigado pela postura respeitosa como colocou sua opinião! A postura da maioria dos dentistas é baseada em observação própria, afinal é muito comum a gente ver gente deixando a saúde bucal de lado enquanto gasta com outras prioridades. Outro dia um rapaz não quis pagar justificando que tinha gasto 3 mil com o capacete invocado que acabara de comprar, é só um exemplo...

Renata Leigh disse...

Eu fiz uma limpeza nos meu dentes e as únicas palavras que ouvi do meu dentista foi: pode deixar a bolsa ali...Ele tava mais preocupado em atendar a enorme lista de pacientes dele o mais rápido possível, e eu paguei 120 reais...

Postar um comentário

Não se esqueça! Respeito sempre é bem vindo :)