30 de junho de 2010

Como preencher uma Nota Promissória




Assuntos que já tratei no blog e que pode ser interessantes para quem busca informação sobre Notas Promissórias:

Uma Nota Promissória é a promessa de pagamento que o Devedor emite ao Credor. Ou seja, o cliente que contratou o serviço de um cirurgião-dentista ao assinar uma nota promissória se compromete com o pagamento de um montante em uma data específica. 

A nota promissória não precisa ser aquela amarela que se compra na papelaria, pode ter qualquer formato, desde que contenha:

- Título escrito: "Nota promissória"
- A promessa do pagamento ("pagarei" ou "pagaremos" por esta única via de Nota Promissória...)
- A época do pagamento (a data escrita por extenso)
- O local do pagamento (a cidade onde reside o Credor)
- O nome do credor (Nome de quem receberá o dinheiro)
- A data de emissão da NP
- A assinatura do devedor

É interessante que sejam numeradas em uma seqüência crescente para que haja organização.
É importante preencher todos os campos de uma nota promissória, do contrário ela perde o valor. Caso a data de recebimento não seja preenchida ela é considerada pagável à vista.
Uma nota promissória pode ser endossada e pode se exigir avalista, ela também pode sofrer ação por falta de pagamento.

Qual a utilidade de uma nota promissória na odontologia?


Para qualquer prestador de serviço basta um contrato assinado pelo cliente para que se possa aciona-lo no caso de falta de pagamento. Nesse sentido a NP faz diferença nenhuma.
Ela pode ser útil se houver alteração do valor no decorrer do tratamento ou ainda caso se queira fazer parcelamentos. Neste caso a ação por falta de pagamento, se for o caso, poderá ser feita em uma situação em que o tratamento não foi completado - a ação fica referente apenas às NPs não pagas até o montante daquilo que já foi feito pelo dentista.

Além disso uma nota promissória também pode ser "trocada" em Factoring ou Banco, que se responsabilizam pela cobrança e emissão de boletos, o que é bastante prático.

O risco de inadimplência de uma NP ainda é alto, mais que cheques e muito mais que cartão de crédito, mas ainda é melhor que a simples promessa de pagamento feita "de boca". Quem quer reduzir inadimplência deve evitar uma NP ou deixá-la para as situações de exceção. 



0 comentários:

Postar um comentário

Não se esqueça! Respeito sempre é bem vindo :)